#COVID19 UNICEF forma cerca de 150 técnicos da area de saúde, educação, da protecão da crianças e das associações em Comunicação de Risco e Engajamento Comunitário

Dotar os participantes de conceitos e instrumentos técnicos em matéria de comunicação de risco e engajamento comunitário é o objetivo deste ciclo de formações.

#COVID19 Engajamento comunitário uma estratégia eficaz no combate à pandemia

Líderes comunitários, técnicos de saúde, da proteção e da educação, participam de uma série de formações, com recurso à tecnologia, em comunicação de risco, para reforçar o engajamento comunitário na luta contra a COVID19, uma iniciativa que conta com a parceria do UNCEF e liderança do Instituto Nacional da Saúde Pública.

A iniciativa tem também o intuito de levar até às pessoas, informações verdadeiras e harmonizadas, minimizando o impacto das informações falsas.

Até o momento já participaram cerca de mais de 100 pessoas, representantes das organizações da sociedade civil, que já se encontram no terreno seguindo todas as recomendações e cuidados de segurança.

Para UNICEF, a intenção é colocar entidades credíveis no terreno para que levem às comunidades informações verdadeiras, através de uma linguagem simples, e fazer com que a população compreenda as orientações das autoridades sanitárias e passe a cumpri-las e a partilhá-las com outras pessoas.

Esperamos que com essa ação conjunta com o UNICEF, possamos estar mais capacitados para fazer essa abordagem próxima das comunidades, com informações assertivas, e que consigamos a mudança de comportamento para a prevenção da COVID-19”, afirmou a Presidente do Instituto Nacional da Saúde Pública, Maria da Luz Lima.

Entretanto ainda, dando seguimento à serie de formações, e considerado as crianças o grupo etário que exige uma atenção especial, também foi alargada esta formação aos técnicos que trabalham diretamente com a questão da proteção das crinaças intitulada #COVID19 Como dialogar e trabalhar com as crianças?

Um total de 37 colaboradores e técnicos do Instituto Caboverdiano da Criança e do Adolescente, de várias partes do país, que trabalham diretamente com a infância, nomeadamente na proteção das crianças, participaram numa capacitação, online, em matéria de comunicação, reforçando seus conhecimentos e práticas nas acções de terreno, que vêm sendo realizadas, uma iniciativa conjunta do UNICEF, INSP e ICCA.

O impacto da pandemia da COVID19 na vida das crianças, e todo o mundo, tem sido visível em todas as dimensões: sobrevivência, desenvolvimento (educação e acesso aos serviços básicos), protecção (física e online uma das vertentes que requer uma atenção particular também) e participação. Por isso é necessária uma abordagem completamente adaptada a esta face da pandemia.

Por outro lado, cerca de 30 docentes do Ensino Básico e Secundário e técnicos dos Ministério da Educação participaram numa sessão de formação e formação à distância para os professores sobre Comunicação de Risco: a problemática do COVID 19 e seu impacto no ensino, numa iniciativa do Escritório Conjunto do PNUD, UNFPA e UNICEF em Cabo Verde, através dos programas Saúde e Educação, em parceria com o Escritório Regional do UNICEF e o Ministério da Educação

As sessões foram orientadas para a prevenção da COVID-19 no contexto educativo, além da clarificação das noções de prevenção e as analises de estratégias para implementar a comunicação de risco com os alunos em contexto escolar e também a comunicação na comunidade.

A metodologia utilizada foi baseada na exposição de conceitos, demonstração de algumas técnicas de prevenção e interação à distância com a formadora e entre os formandos, além de debate, com recurso à Plataforma Zoom.

O objetivo das duas sessões foi de assegurar a partilha de informações e interação sobre a problemática do COVID19, contribuindo ao mesmo tempo para a assunção de comportamentos, atitudes e práticas adequadas ao enfrentamento da doença junto da comunidade educativa do país.

Com esta formação espera-se que os docentes esclarecidos e com instrumentos de comunicação adequados, sobre a COVID 19 e a sua prevenção e com conhecimento relativamente a práticas saudáveis possam multiplicar essas formações/informações junto da comunidade educativa de cada Concelho.

 

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade
UNICEF
Fundo das Nações Unidas para a Infância