À procura de soluções inovadoras para o desenvolvimento sustentável

Cabo Verde faz parte de um grupo de 78 países que implementa a iniciativa do PNUD Accelerator Lab

Com a presença do Vice-Primeiro Ministro, Dr. Olavo Correia, o Gestor interino do Escritorio Conjunto do PNUD, UFPA e UNIEF, Bouboua Camara e outras nacionais, o PNUD em Cabo Verde apresentou a iniciativa Accelerator Lab (Laboratório de Aceleração), que visa reunir ideias com base em novas fontes de dados e experiência em tempo real, para atender às realidades do desenvolvimento do século XXI.

Esta iniciativa inclui 60 laboratórios em 78 países na África, Europa Oriental, Ásia e Pacífico, América Latina e Caribe, fazendo com que cada um dos laboratórios façam parte da rede global de Accelerator Lab Network de forma integrada, numa abordagem de mapeamento de soluções, experimentação e exploração.

O projecto, lançado a nível global pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), é a maior rede de aprendizagem mundial em torno dos desafios de desenvolvimento, num esforço para acelerar o desenvolvimento no século XXI, testando e dimensionando novas soluções para fazer face às questões globais.

Os laboratórios irão trazer novas experiências e competências ao PNUD, sendo que cada laboratório estará estruturado de forma integrada e o sucesso dos mesmos permitirá também identificar inovações locais e ajudar a ampliar seu potencial para acelerar o desenvolvimento e “não deixar ninguém para trás”.

É preciso pensar out of the box para acelerar o desenvolvimento. Encontrar soluções para enfrentar os desafios de desenvolvimentos dos países. No caso de Cabo Verde, um país insular que lida com a problemática da seca, é importante encontrar soluções para enfrentar as mudanças climáticas, entre outras”. Boubou Camara

Apresentação do Accelerator Lab em Cabo Verde

Durante o lançamento, foram realizadas actividades interactivas de apresentação do laboratório e equipa, com recurso ao uso de novas tecnologias, entre outros para além de exibição de projetos inovadores nacionais, que exemplo que podem ser potenciados no âmbito das ações do laboratório no país.

O Accelerator Lab é uma iniciativa do PNUD e conta com o financiamento da Alemanha e do Qatar e pretende reunir ideias com base em novas fontes de dados e experimentação em tempo real, para atender às realidades do desenvolvimento do século XXI, em rápida mudança. A velocidade e a complexidade dos desafios exigem uma gama igualmente sofisticada de soluções de desenvolvimento para resolver problemas complexos e progredir mais rapidamente nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

O sucesso desses novos laboratórios permitirá que o PNUD identifique inovações locais e ajude a ampliar seu potencial para acelerar o desenvolvimento e “não deixar ninguém para trás”.

Escrito por
Autor
Anita Pinto
Especialista em Comunicação e Advocacia
RCO
Anita Pinto, Especialista em Comunicação e Advocacia (RCO)
Entidades da ONU envolvidas nesta atividade
PNUD
Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento