Cerimónia Oficial de Chegada ao país das vacinas COVID-19 - Mensagem da Coordenadora Residente, Ana Graça

Cabo Verde recebe primeiro lote de vacinas

Senhor Primeiro Ministro de Cabo Verde, Excelência

Ex.mo Senhor Presidente da GAVI

Senhor Ministro da Saúde e da Segurança Social, Excelência

Senhor Diretor Nacional da Saúde, Dr. Jorge Noel Barreto

Presidente do Instituto Nacional da Saúde Pública

Ex.mos Embaixadores, membros do corpo diplomático e das organizações internacionais

Representante da OMS e Representante do Escritório da UNICEF em Cabo Verde

Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas

 

Hoje é um dia feliz e estamos todos de parabéns: Cabo Verde recebeu o seu primeiro lote das vacinas COVID-19 graças a Iniciativa global da COVAX, um mecanismo coliderado pela Organização Mundial da Saúde, a Aliança Global das Vacinas e a CEPI (Coligação para Inovação na Preparação para Epidemias) em parceria com a UNICEF, Banco Mundial entre outros.

Em nome das Nações Unidas, felicitamos o Governo de Cabo Verde, em particular o Ministério da Saude e todos os técnicos da saúde, por todo o trabalho que culminou neste momento histórico. Trata-se de um processo altamente complexo, mas Cabo Verde conseguiu atempadamente criar as condições necessárias para ter acesso às vacinas e a sua implementação.

A COVAX tem por objetivo garantir um acesso mais equitativo as vacinas e entregar pelo menos 2 mil milhões de doses aos 92 países de rendimento médio e baixo em todo o mundo em 2021, incluindo pelo menos 1,3 mil milhões financiadas por vários países doadores.

Visa assegurar que pelo menos 20% da população dos países em desenvolvimento que não dispõe de recursos próprios para esta operação, seja vacinada até ao final do ano.

A chegada das vacinas a Cabo Verde e também o testemunho da solidariedade global e da importância de uma resposta multilateral para problemas mundiais, como o causado por esta pandemia. Nenhum pais sozinho consegue responder a uma crise desta dimensão.

Mas apesar de contribuições generosas de vários países, organizações e fundações, precisamos de fazer muito mais.

"O Secretario Geral das Nações Unidas destaca que “ os progressos nas vacinações têm sido extremamente desiguais e injustos. Apenas 10 países administraram 75 por cento de todas as vacinas COVID-19. Até agora, apenas 0,5% das vacinas ocorreram nos países mais pobres. A campanha global de vacinação representa o maior teste moral dos nossos tempos e e imperativo que a vacina seja vista como um bem público global.

Em nome das Nações Unidas, gostaria de deixar um agradecimento especial aos parceiros internacionais presentes em Cabo Verde e que têm apoiado e contribuído financeiramente para a Iniciativa COVAX, em particular os Estados Unidos da América, a União Europeia e os seus países membros, Equipa Europa, aqui representados. Um agradecimento também ao Banco Mundial com quem temos trabalhado regularmente para disponibilização de mais recursos para compra de mais vacinas fora da COVAX.

Em Cabo Verde, através da OMS e da UNICEF que integram o Comité Nacional de Vacinação, as Nações Unidas tem estado a apoiar financeira e tecnicamente todo o trabalho de diagnostico e preparação incluindo a elaboração do Plano Nacional de Vacinação e a documentação exigida para que as entrega das vacinas. Queria aproveitar para agradecer a toda a equipa da OMS e da UNICEF no pais, ao nível regional e global, pelo profissionalismo e dedicação neste processo.

A prioridade e agora apoiar a implementação do plano de vacinação a nível nacional, com muita confiança, para que todos se sintam felizes por poder tomar a sua dose de vacina. Com a UNICEF e a OMS vamos continuar a trabalhar com a COVAX para a chegada dos demais lotes já planeados até ao final do ano. Reiteramos o nosso compromisso total de trabalhar com o governo e todos os parceiros internacionais para intensificar o objetivo de trazer mais vacinas para o país e materializar o desiderato nacional de vacinar o maior número possível da população.

Este e o momento de dar o maior DjuntaMon de sempre a Cabo Verde para não deixar ninguém para trás.

Só juntos poderemos pôr fim a esta pandemia e recuperar.

Só juntos poderemos reativar as nossas economias de forma inclusiva.

E depois, juntos, podemos todos voltar às coisas que mais amamos.

Muito obrigada

Entidades da ONU envolvidas nesta atividade
RCO
United Nations Resident Coordinator Office
UNICEF
Fundo das Nações Unidas para a Infância
OMS
Organização Mundial da Saúde